18 - 12 - 2017

APF reune com assessor da Presidência da República


A APF foi recebida no dia 8 de fevereiro, de manhã, pelo assessor da Presidência da República.

Nesta reunião apresentámos as nossas preocupações enquanto representantes dos formadores, nomeadamente:

- Reconhecimento da profissão de Formador;

- Representação na concertação social e junto das entidades relacionadas com a Formação;

- Acesso à profissão em igualdade de oportunidades;

- Valorização da experiência profissional (em contexto de formação, públicos-alvo, relação com mercado de trabalho…);

- Acesso à profissionalização dos Formadores;

- Alteração na fórmula de contagem de tempo de serviço;

- Alteração dos grupos de recrutamento;

- Garantir que os Formadores sujeitos a cobrar IVA não sejam prejudicados no acesso à profissão em detrimento daqueles que ainda estão isentos;

- Celebração de contratos de trabalho sempre que as condições exigidas se verificarem (horário completo, subordinação hierárquica e necessidades efetivas de formação pela entidade formadora);

- Denúncia de falsos Recibos Verdes;

- Reposição de valor/hora de formação no IEFP;

- Garantir os direitos sociais do Formador (nomeadamente acesso ao emprego, ao subsídio de desemprego, subsídio de doença…);

- Justiça tributária para os Formadores;

 

- Fiscalização (avaliação) às entidades formadoras privadas e públicas de forma a garantir condições dignas de trabalho para o Formador.

Oficinas APF
Em destaque
Aos associados
Estatuto do Formador